Tag Archives: Sporting

Apito Inicial

22 Apr

Neste fim de semana, o campeonato português sofre uma interrupção devido à final da Taça da Liga que vai por o Benfica, que pode conquistar o troféu pela terceira vez consecutiva, ao Paços de Ferreira, uma das equipas que melhor futebol tem praticado na nossa liga. O encontro terá lugar no Estádio Cidade de Coimbra.

Com o campeonato praticamente decidido, a jornada em Espanha apenas terá particular interesse porque tem um jogo grande. O Real Madrid de José Mourinho, na ressaca da vitória da Taça do Rei e na véspera de defrontar outra vez o seu maior rival, o Barcelona, na meia-final da Liga dos Campeões, desloca-se a Valência, terceiro classificado. Por sua vez, o quase campeão Barcelona recebe o Osasuna do português Nélson que luta pela permanência.

Em Inglaterra, o líder Manchester recebe o Everton em busca de mais uma vitória que lhe permita continuar a caminhada do título. O Chelsea, atual segundo, tem um derby londrino com o West Ham que necessita desesperadamente de pontos para fugir aos últimos lugares. Já o Arsenal, visita o terreno do Bolton em busca do segundo lugar.

Em Itália, o grande jogo da ronda vai opor o Inter à Lazio. Em caso de vitória da turma romana, alcançam o terceiro posto em igualdade pontual com a ex-equipa de Mourinho. O Milan, que continua na liderança, visita o aflito Brescia, ao passo que o segundo classificado Nápoles tem uma deslocação bastante complicada ao reduto do Palermo. Nos restantes jogos europeus, destaque para o clássico holandês Feyenoord – PSV.

Nos restantes desportos, o grande destaque vai, sem sombra de dúvida, para o primeiro jogo da final da Liga de Voleibol. Os dois finalistas são o Benfica, vencedor da fase regular e da “Série dos Primeiros” e a sensação Fonte Do Bastardo, uma grande equipa vinda dos Açores. Por fim, no andebol, com o grande jogo da ronda apenas marcado para dia 27, o escaldante Porto – Benfica, primeiro contra segundo e únicos com legítimas hipóteses de alcançar o título, o destaque vai para o jogo Sporting – ABC.

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico+++

Apito Inicial

15 Apr

A quatro jornadas do final, a liga portuguesa aquece na luta por um lugar europeu. Com o título e o segundo lugar decididos, resta saber a ordem dos clubes que terão acesso à Liga Europa na próxima época. Nesta jornada, há dois confrontos entre quatro equipas que lutam por esse objetivo. O terceiro classificado Braga vai à Madeira defrontar o Nacional, atual quinto, ao passo que o Guimarães defronta o Marítimo, ambos neste momento fora dos lugares europeus mas com hipóteses de lá chegar. Porém, o jogo da ronda é o clássico Porto – Sporting, só que de interesse apenas para o conjunto leonino na luta pelo terceiro posto.

Nos restantes campeonatos europeus, as jornadas que se avizinham serão certamente decisivas para os atuais líderes, praticamente campeões. Em Espanha, há o clássico dos clássicos entre Real Madrid e Barcelona que para os homens de Guardiola pode ser a confirmação do esperado título. Em Inglaterra, com o líder Manchester ausente devido à FA Cup, o Arsenal, segundo classificado, tem um jogo fulcral para continuar a sonhar com o título. Nesta ronda, recebe o Liverpool, num dos melhores encontros deste fim de semana.

Em Itália, a jornada será de grandes jogos. O líder Milan recebe a Sampdoria, o segundo Nápoles recebe a Udinese, o Inter viaja ao reduto do Parma e a Juventus desloca-se ao terreno da Fiorentina. Já na Alemanha há um jogo grande que vai opor o Bayern Munique ao vice-líder Leverkusen, ao passo que o líder Dortmund recebe o Freiburg. Em França, o Lille recebe o Bordéus e o jogo com as melhores expectativas da ronda irá opor o Paris SG ao Lyon.

Nas modalidades, todos os jogos neste momento são importantes em busca do título. No andebol, o Benfica desloca-se ao reduto do Madeira SAD em busca de uma vitória na perseguição ao líder Porto que nesta ronda viaja a Braga para defrontar o ABC. No Basquetebol, este fim de semana inicia-se os Playoffs que irão ditar o vencedor final. Os jogos desta ronda serão o Porto – CAB, Benfica – Ovarense, Académica – Ginásio e Vit. Guimarães – Penafiel.

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico+++

Apito Inicial

8 Apr

Apesar de o título já estar decidido, esta jornada em Portugal promete ser de forte espetáculo e emoção. Curiosamente, essa promessa não vem dos principais clubes, mas sim de clubes considerados de “segunda linha”. Os dois grandes jogos da jornada vão ser dois derbys regionais. O principal será o derby do Minho, que vai opor o Braga, atual terceiro classificado, ao Vitória Guimarães que ainda ambiciona o último lugar do pódio. O outro, com data marcada para esta sexta, será o derby da Madeira, com o Nacional, atual sexto classificado, a fazer uma curta deslocação até ao terreno do seu maior rival Marítimo, oitavo na tabela.

Quanto aos denominados “grandes”, só o Sporting ainda tem objetivos nesta liga, chegar ao terceiro posto, neste momento ocupado pela equipa bracarense. Nesta jornada, recebe a Académica, que tem a permanência quase assegurada. Já o campeão Porto viaja ao reduto do aflito Portimonense, enquanto que o Benfica desloca-se à Figueira da Foz para defrontar a também aflita Naval.

Em Espanha, o quase campeão Barcelona tem um jogo teoricamente fácil para continuar a sua caminhada triunfante na liga. Nesta ronda, recebe o último classificado Almeria. Já o Real Madrid, desloca-se ao sempre difícil reduto do Bilbao, quinto classificado. Em Inglaterra, o jogo da ronda é o Liverpool – Manchester City que, apesar da época menos feliz da turma de Raúl Meireles, promete ser um grande jogo. Além deste jogo, o líder Manchester recebe o Fulham, o Arsenal visita o Blackpool e o Chelsea, quase arredado do título, recebe o último classificado, o Wigan.

Em Itália, a jornada tem alguns desafios de interesse. O grande jogo, por ventura, será a deslocação do líder Milan a Florença para defrontar a Fiorentina. Já o Inter, recebe o Chievo, ao passo que a Juventus recebe o Génova dos portugueses Eduardo e Miguel Veloso. Na Alemanha, o Dortmund, que segue na frente, desloca-se a Hamburgo e o Bayern Munique tem uma viajem muito complicada a Nuremberga, atual sexto na tabela.

Nas modalidades, o grande destaque do fim de semana vai para o futsal, para o jogo que vai decidir a liderança da fase regular, o Sporting – Benfica. O Benfica é atualmente líder com mais três pontos, pelo que o jogo é de extrema importância. No andebol, já com a segunda fase em disputa, não há jogos sem motivo de interesse. O grande jogo da ronda vai opor o Sporting ao líder Porto. O Benfica vai ao reduto do sexto e último classificado Águas Santas, ao passo que o ABC recebe o Madeira SAD.

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico+++

Apito inicial

1 Apr

No futebol, esta jornada, em Portugal, promete ser de fortes emoções, isto porque o Benfica recebe o Porto. Se um clássico é sempre motivo de emoção, um clássico onde pode haver um novo campeão (oficial) é motivo ainda maior para surgirem fortes emoções. O Porto, em caso de vitória na Luz, volta ao trono e é campeão no campo do maior rival.

No entanto, não só de clássico se faz a jornada em Portugal. O Vitória de Guimarães, quinto classificado e ainda com legítimas esperanças de alcançar o terceiro lugar, recebe o Sporting, com novo presidente, Godinho Lopes, que neste momento detém esse desejado posto pela equipa Vimaranense.

Em Espanha, esta jornada há em escaldante Villarreal – Barcelona. O clube catalão, líder com mais cinco pontos que o Real Madrid, que defronta o Sporting Gijón, vai ao El Madrigal defrontar a perigosa equipa local que ocupa um sensacional terceiro lugar.

Porém, as atenções neste fim de semana devem ser centradas em Itália. Isto porque haverá dois jogos eletrizantes. O líder Milan defronta o velho rival Inter num dos encontros da época. O Milan iniciará a partida com dois pontos de vantagem mas em caso de derrota perde a liderança. O outro grande embate da ronda é o Roma – Juventus, duas grandes equipas, apesar de prestações abaixo das expectativas. De referenciar ainda o embate entre Twente e PSV na liga Holandesa, que apenas têm um ponto de diferença, a favor do clube de Eindhoven.

No andebol, este fim de semana tem início a segunda fase do nacional, que contempla os seis primeiros classificados da primeira fase. Ora, a partir de agora haverá sempre grandes jogos. Nesta jornada jogam ABC contra Sporting e  Madeira SAD contra Águas Santas. O jogo grande da jornada inaugural, entre Benfica e Porto foi adiado, pois a equipa lisboeta disputa este fim de semana o acesso às meias-finais da Taça Challenge. No voleibol, o grande jogo da jornada é a deslocação do líder invicto Benfica ao reduto do Sporting de Espinho. Já no Basquetebol, o destaque da ronda vai para a deslocação do Benfica, segundo classificado, ao terreno da Académica, terceira na prova.

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico+++

Sporting morreu na praia

26 Mar

Terminou, neste final de manhã, a 1ª edição do Mundialito de Clubes de Futebol de Praia, que decorreu na cidade de São Paulo, na Represa Guarapiranga. O Vasco da Gama bateu na final o Sporting Clube de Portugal por 4-2, numa final digna de tal nome.

Para um maior equilíbrio na competição, foi feito um draft (tentativa de distribuição igualitária de jogadores por todas as equipas) que permitia, de igual modo, a presença dos maiores craques da modalidade em São Paulo.

Com uma equipa que é a base da selecção Nacional, o Sporting tinha legítimas aspirações de ser a primeira equipa a erguer o troféu. No entanto, com o início da competição as expectativas pareciam desfraldadas, face a 3 derrotas nos três primeiros jogos e ao quarto lugar no seu grupo.

Só que nos momentos difíceis é que se revelam as grandes equipas e o único representante português na prova fez jus a esse facto e bateu nos quartos-de-final o Barcelona, vencedor do grupo B e um dos favoritos à vitória final. Nas meias-finais, o Sporting bateu o Lokomotiv de Moscovo, curiosamente, vencedor do seu grupo na fase inicial.

Quanto ao campeão Vasco, também não iniciou da melhor maneira a prova ao terminar a fase de grupos na quarta posição. De seguida, veio a prova de fogo ao defrontar duas equipas brasileiras. Nos quartos-de-final, bateu o Corinthians e nas meias-finais o Flamengo.

O Sporting, com a qualidade do seu plantel, com o melhor jogador do mundo nas opções, Madjer, terá de ambicionar a conquista desta prova, que impulsiona e dá relevo a esta modalidade ainda em desenvolvimento.

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico+++

Apito Inicial

25 Mar

Este fim de semana irá ser diferente do habitual, isto porque os campeonatos europeus terão paragens devido aos compromissos das seleções. O jogo mais importante para os portugueses será sábado quando Portugal e Chile se defrontarem no Estádio Magalhães Pessoa, em Leiria. Destaque para as chamadas de Ruben Micael, habitual suplente no Porto, e para a estreia do jovem leonino André Santos.

Para além do jogo de Portugal, vão ocorrer outros jogos interessantes, tais como o Brasil – Escócia, em Londres, e os Estados Unidos – Argentina em Nova Iorque. De realçar ainda que este fim de semana ficará a saber-se o primeiro finalista da taça de Portugal, que surgirá do jogo entre Académica e Vitória de Guimarães.

No futsal, a jornada que se aproxima é escaldante, com os quatro primeiros a defrontarem-se. O líder Benfica viaja ao reduto do Instituto D. João V, quarto classificado, enquanto que o Sporting recebe o Belenenses, num dérbi lisboeta que promete ser o jogo da ronda.

No andebol, a última jornada da fase regular será marcada pelo maior dérbi do país, que opõe Sporting a Benfica, quinto contra terceiro respetivamente.

No voleibol, o líder Benfica desloca-se ao terreno dos açorianos do Fonte Bastardo, atuais segundos classificados. Sporting de Espinho e Vitória de Guimarães, dois históricos da modalidade, defrontam-se em Espinho num encontro que promete emoção.

Já no basquetebol, o fim de semana também promete ser de emoções fortes com confrontos entre os quatro primeiros. O líder Porto, com liderança da fase regular garantida, recebe a Académica, terceira classificada, enquanto o Benfica recebe o Ovarense, num encontro de históricos.

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico+++

Artur Agostinho – 90 anos de vida

22 Mar
por Joana Margarida Bento e Jorge Sousa |

http://www.vuvox.com/collage_express/collage.swf?collageID=03b2e3f5ec

“Também é leão? Até às pontas das unhas.” E pronto, assim começou a amizade entre o Sr. Anastácio (António Silva) e o motorista Miguel (Artur Agostinho), no clássico de 1947, O Leão da Estrela. Uma amizade com um ponto em comum que os unia também na realidade: o Sporting. António Silva, actor consagrado do cinema nacional, acabaria por falecer em 1971 e hoje, 22 de Março de 2011, Artur Agostinho volta a dar a mão ao seu amigo leão como o fez nesse filme.

No entanto, será injusto recordar Artur Agostinho e os noventa anos da sua vida somente pelo amor ao seu clube. Por ventura, terá sido uma das figuras mais respeitas e acarinhadas do universo português, nomeadamente no mundo do espetáculo e do jornalismo. E de outra forma não poderia ser.

A ele estarão para sempre ligados os relatos das mais importantes conquistas do futebol nacional, com passagens por algumas das emissoras mais importantes do país, nomeadamente a Rádio Clube Português, a Rádio Renascença e a Emissora Nacional. Como jornalista desportivo colaborou igualmente nos jornais A Bola, O País, Tribuna, Norte Desportivo, Mundo Português, Jornal do Sporting e Record (do qual foi director entre 1963 e 1974), entre outros.

Artur Agostinho, igualmente ator e escritor respeito, deixou-nos hoje. Portugal ficou mais pobre. Portugal perdeu um dos símbolos, alguém agraciado pelo Presidente da República com a Comenda da Ordem Militar de Sant’Iago da Espada. Assim só resta dizer que este não é um adeus, mas sim um “até já” a este Leão, a este brilhante e sempre sorridente senhor.

Obrigado, Artur Agostinho.

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico+++

Velhas tradições não se perdem

21 Feb
por Jorge Sousa |

Velhas tradições não se perdem. Mesmo quando um está em baixo, Benfica e Sporting assumem entre si a rivalidade mais relevante do futebol nacional. Os jogos entre ambos fazem parar Portugal, sendo este o encontro que costuma prender mais espectadores ao ecrã. Desde os tempos da monarquia que a bola roda, tendo o encarnado e o verde primeiro colidido no dia 1 de Dezembro de 1907. Desde então, os adeptos já foram presenteados com 402 encontros, partindo o Benfica em vantagem neste duelo centenário com 169 vitórias, contra 153 leoninas (de resto, houve 80 empates).

Mas este jogo não assume esta época a importância de outrora. Desde 1982, época em que os Leões foram campeões e as Águias segundos classificados, que o encontro não coloca frente a frente os dois clubes na luta pelo título nacional. Seja o Benfica a fazer um campeonato abaixo das expectativas, seja o Sporting, a verdade é que esta realidade dos últimos 29 anos (em grande parte, devido ao excelente crescimento do Futebol Clube do Porto) contraria os tempos dos cinco violinos e de Eusébio. Com raras excepções, o campeonato nacional era sempre disputado entre os dois rivais da segunda circular, com estádios cheios e ambientes únicos.

Esta segunda-feira, não estarão em campo Travassos, Manuel Fernandes, Chalana ou Torres. Os intervenientes são outros, os tempos também. O Sporting, há muito arredado da luta pelo título, apenas jogará a honra neste encontro, tentando alcançar uma vitória que lhe foge já desde 2009. Já o Benfica, que a dez jornadas do fim do campeonato se encontra a uma distância considerável do primeiro classificado, poderá aqui jogar uma cartada importante nas suas pretensões para esta época. Uma eventual derrota, ou mesmo um empate, poderá ditar o adeus definitivo ao sonho de revalidar o título nacional, algo que não acontece desde a época de 1983/1984.

Em Alvalade, o Sporting não contará com o seu treinador no banco, nem tão pouco com Evaldo, jogador que tem assumido a titularidade no lado esquerdo da defesa leonina. Mesmo o seu suplente, Leandro Grimi, encontra-se em dúvida para este encontro, o primeiro pós-Liedson. Problemas no sector defensivo e debilidades no sector ofensivo serão, sem dúvida, uma dor de cabeça para os adeptos do clube, que não contará igualmente com Jaime Valdés. Assim sendo, quem agradece é Jorge Jesus, que chega a este desafio na máxima força, no melhor período da equipa este ano, contando já com 16 vitórias consecutivas em competições nacionais.

Com Saviola, Cardozo, Coentrão e Salvio em bom plano, Benfica parece partir em vantagem. No entanto, jogando perante os seus adeptos, a equipa liderada por Paulo Sérgio quererá impor o seu futebol, à semelhança do que fez contra o FC Porto. O jogo, que contará com Artur Soares Dias como árbitro, não terá a importância nem a emotividade de outros tempos, no entanto, não haverá um único adepto que não esteja ansioso por bater o seu grande rival neste derby sempre tão badalado e que tantos momentos já proporcionou ao desporto português.

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.+++

Vai-vem de janeiro

6 Feb
por Steve Grácio |

Como já tem vindo a ser hábito, o mercado de inverno não nos traz grandes novidades no que toca a transferências. Várias podem ser as explicações para este acontecimento relativamente recente, entre os quais a conjuntura económica que, embora não pareça em alguns casos, também afeta o futebol, ou a necessidade dos clubes de salvaguardarem as suas pérolas para atacar o que falta da temporada.

Para contrariar esta tendência apenas estão alguns colossos europeus, com destaque para o Chelsea, Liverpool e AC Milan. Os dois gigantes de Inglaterra foram mesmo os grandes ‘vencedores’, com mais dinheiro gasto nas movimentações de atletas. O Chelsea gastou 84 milhões em apenas dois jogadores: David Luiz adquirido ao Benfica e Fernando Torres ao rival Liverpool, talvez a transferência mais sonante deste mercado de inverno pouco movimentado. Já o Liverpool, para compensar a perda de Torres, um dos melhores jogadores do clube, comprou o goleador Luís Suárez ao Ajax e Andrew Carroll ao Newcastle por uns impressionantes 40 milhões de euros. Nos restantes clubes Ingleses, destaque para o Aston Villa que se reforçou com Robert Pires do Villarreal, Makoun do Lyon e Darren Bent do Sunderland, para o Tottenham que ‘roubou’ Steven Piennar, ex-Everton, ao Chelsea e que perdeu Giovani dos Santos (Racing) e Robbie Keane (West Ham), ambos por empréstimo, para Dzeko que trocou o Wolfsburg pelo Manchester City e para Roque Santa Cruz que vai representar o Blackburn Rovers por empréstimo do Manchester City até ao final da temporada.

Já o Milan não se deslumbrou e comprou bons jogadores a baixo preço.             Reforçou-se com nomes sonantes como Mark Van Bommel, Cassano, Emanuelson e Legrottaglie que vieram, respetivamente, do Bayern Munique, Sampdoria, Ajax e Juventus. Quanto aos seus maiores rivais, o Inter reforçou-se com Pazzini da Sampdoria e a Juventus com Barzagli (ex. Wolfsburg) e com Luca Toni do Génova. Destaque ainda para Macheda que chega à Sampdoria emprestado pelo Manchester United.

Por sua vez, a liga Espanhola ainda foi mais calma. De sonante, apenas há o empréstimo de Adebayor pelo Manchester City ao Real Madrid, a contratação de Rakitic pelo Sevilha ao Shalke 04, de Cicinho, que saiu da Roma para rumar ao El Madrigal, casa do Villarreal, de Afellay que deixa o PSV para representar o Barcelona e o empréstimo de Castro pelo Porto ao Sporting Gijon. No restante mundo, há que realçar o regresso de Ronaldinho ao Brasileirão para representar o Flamengo, proveniente do AC Milan e a ida de Simão, Hugo Almeida e Manuel Fernandes para o Besiktas da Turquia, juntando-se a Ricardo Quaresma para formar uma das equipas com mais portugueses do mundo.

Por último, na nossa liga o destaque natural vai para a saída de Liedson rumo ao Corinthians e de David Luiz para o Chelsea. O Benfica, como vem sendo habitual foi o clube que mais se reforçou neste mercado de inverno, com as chegadas de Matic (ex. Chelsea), José Fernandez (ex. Racing Club), Jardel (ex. Olhanense) e Carole (ex. Nantes). Para além dos reforços que chegaram à luz, há ainda que realçar a contratação de Cristiano pelo Sporting (ex. PAOK), de Vinicius (ex. Olhanense), Marco Ramos (ex. Lens), Ukra (FC Porto, Empréstimo), Kaká (ex. Hertha Berlin, Empréstimo) pelo Braga, de Dady (ex. Rapid), Oblak (Benfica, empréstimo), Tiero (ex. CSKA Sofia) pelo Olhanense, o empréstimo de João Silva do Everton à União de Leiria, o empréstimo de Edinho ao Marítimo proveniente do Málaga e o empréstimo de Adrien pelo Sporting que ruma a Coimbra. No sentido inverso, para além das já referias saídas de Liedson e David Luiz, o grande destaque foram as saídas de Matheus e Moisés do Braga rumo, respetivamente, ao Dinipro da Ucrânia e ao Al-Rayyan do Qatar e de Carlão e Silas da União de Leiria que se transferiram, respetivamente, para o Kashima Antlers do Japão e para o AEL Limassol do Chipre.

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.+++