Tag Archives: kora

Ludovico Einaudi: a emoção ao piano

13 Apr

«Em geral não gosto de definições, mas “Minimalista” é um termo que significa elegância e abertura, por isso preferia ser chamado de Minimalista do que outra coisa». É assim que Ludovico Einaudi fala de si, no que respeita à sua música. Ludovico é um dos pianistas mais aclamados do mundo e está de volta a Portugal para um concerto no dia 15 de abril no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra.

Nasceu na cidade italiana de Turim em 1955, formou-se em composição no Conservatorio Verdi de Milão em 1982 e logo de seguida continuou a sua formação junto do compositor italiano Luciano Berio. Ainda no mesmo ano conseguiu uma bolsa para o Tanglewood Music Festival, nos Estados Unidos da América. Na segunda metade da década de 80 explorou várias tendências nas suas composições, mas foi ao piano que alcançou o sucesso no mundo da música.

Desde 1988, ano de lançamento do seu primeiro álbum, Time Out, já se contam 10 discos de originais: Stranze (1992), Salgari (1995), Le Onde (1996), Eden Roc (1999), I Giorni (2001), Dario Mali (2003), Una Mattina (2004), Divenire (2007) e Nightbook (2009). O seu lançamento mais recente é, contudo, The Royal Albert Hall Concert (2010), uma edição discográfica que inclui um DVD gravado na sala londrina com o mesmo nome, no início do ano passado. Aos 55 anos, o próprio músico considera que este concerto representou uma etapa muito importante na sua carreira, pois, diz Ludovico, «é o mais importante palco de espetáculos do mundo».

Conhecido pelas melodias calmas que tocam a alma de qualquer pessoa e que despertam os sentimentos mais profundos do público, Ludovico Einaudi é considerado pela crítica um compositor emotivo e que «traduz em notas a calma e a contemplação». Muitas vezes comparado a Michael Nyman (O Piano), Einaudi é, a par deste, atualmente um dos melhores compositores e pianistas europeus. As suas músicas também fazem sucesso na indústria televisiva e cinematográfica. Entre dezenas de inclusões das suas obras em séries, filmes e anúncios, contam-se Doctor Zhivago (2002), Sotto Falso Nome (2004), vencedor do prémio de Melhor Banda Sonora no Avignon Film Festival nesse ano, This Is England (2006), This Is England ’86 (2010) e mais recentemente I’m Still Here, de Cassey Affleck.

Ludovico já não é desconhecido do público português, tendo já atuado no nosso país com o seu sexteto e também ao lado de Rodrigo Leão. No estrangeiro, o compositor já deu concertos com o Ballaké Sissoko, mestre de kora (instrumento tradicional de cordas oriundo da África Ocidental) que participa no álbum Dario Mali, e ainda com o grupo de post-rock To Rococo Rot.

Para a atuação em Sintra, Ludovico promete um concerto a solo com tudo aquilo que os fãs esperam dele. Em declarações à agência Lusa disse que «será um concerto intimista, tanto mais que irei tocar a solo, e será um diálogo de uma hora e meia entre mim e a audiência». O espetáculo começa às 22hoo no Auditório Jorge Sampaio e os bilhetes variam entre os 20 e os 30 euros.

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.+++