Tag Archives: ídolos

Mais SBSR fora do Meco

12 Apr

Este ano o SBSR promete ainda mais animação. Durante todo o ano, haverão eventos musicais que irão contar com a presença de vários DJs e artistas convidados. O primeiro realiza-se já amanhã, dia 13. Sob o tema SBSR DJ Tour, o evento noturno terá dois DJs convidados: Zé Pedro, da banda portuguesa Xutos e Pontapés, e Pedro Ramos da Rádio Radar. Trabalhando em sintonia, o primeiro evento decorrerá no Clube Ferroviário, em Santa Apolónia. Quanto às outras datas, a comissão organizadora garantiu 22 de maio, 23 de junho, 22 de setembro, 20 de outubro e ainda 24 de novembro, todos com sítio a definir.

SBSR A Band in a Van, é mais uma das apostas da organização, com uma banda de covers, liderada por Filipe Pinto, vencedor do Ídolos a circular pelo país. Estes concertos vão percorrer Portugal de lés a lés, passando por Lisboa, Porto, Coimbra, Braga, Évora e Vila Moura ou Faro, de 23 de maio a 9 de junho. Além disto, e para não descurar o verão do sul do país, vão haver as SBSR Summer Parties, essencialmente em Agosto e Setembro. Estas festas, organizados no algarve, vão ter como anfitriões os dj‘s convidados João Maria e Mary B.

Ainda assim, para quem não possa ir a estes lugares, a organização promete patrocinar um programa de rádio na Rádio Radar, onde irão passar músicas ao vivo do festival deste ano e de bandas que já tenham atuado noutros anos no SBSR.

Os bilhetes já estão à venda nos locais habituais e os preços variam entre 45€ para o bilhete diário e 80€ para o passe de 3 dias.

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.+++

Concerto da Semana: Katie Melua

11 Mar

E já dia 13 de março que Katie Melua vai atuar no Campo Pequeno, em Lisboa e dia 14 no Coliseu do Porto. O regresso da cantora britânico-georgiana a terras lusas prende-se com a apresentação do seu novo álbum, The House, lançado em 2010.

O concerto, que originalmente estava marcado para outubro do ano passado, foi adiado para este mês, por motivos de saúde da cantora. Agora, cinco meses depois espera-se uma sala (quase) cheia e um concerto relaxante e simultaneamente surpreendente, bem ao estilo de Katie Melua.

Desde cedo que Katie deu os primeiros passos na música, mas foi com 19 anos que lançou o seu primeiro álbum, em 2003, Call of the Search que atingiu gigantesco número de vendas: um milhão de cópias em apenas cinco semanas. This is The Closest Thing to Crazy é, hoje em dia, a música que marca a carreira da artista, bem como uma das mais importantes do álbum, devido ao seu sucesso mundial. Então, a prova de que a jovem cantora estava a desenhar o seu caminho do sucesso estava bem visível.

Dois anos depois, Piece by Piece, fez com que «a menina dos olhos doces» ganhasse maior pujança no mundo da música com os êxitos Nine Million Bycicles, I Cried For You e Thank You Stars, álbum que, tal como o primeiro, explodiu nas tabelas de vendas e nos tops internacionais.

Em 2007 a cantora mostrou aos fãs e admiradores que consegue ser versátil, apesar de ter preferido não arriscar demasiado nesse aspeto e manter uma linha característica do seu trabalho e, consequentemente, da sua voz: a doçura. Singles como If You Are A Sailboat e Mary Pickford mantiveram o estilo blues e percorreram os shows e os tops de todo o mundo, encaixando em perfeita sintonia com o resto do álbum que, em termos de sucesso, não foi diferente dos seus antecessores.

Mas Katie Melua continuou e decidiu dar uma reviravolta na sua já grande linha de sucesso. O álbum The House apresenta um novo modo de cantar, um novo modo de sentir, uma suavidade própria de Katie que não fica nada aquém das expectativas. Assim, a cantora e compositora, nascida na Geórgia e cidadã britânica desde agosto de 2005, alargou o seu leque de fãs e demonstrou o estilo dramático e aventureiro nas doze músicas no último projeto. Cresceu e finalmente arriscou. Escreveu, com a colaboração de Mike Batt, Guy Chambers, Rick Nowels e Polly Scattergood temas como The House, Red Ballons e o single The Flood que, de certo, marcarão esta nova fase da cantora.

Quanto ao concerto de domingo, as honras de abertura estarão a cargo de Carolina Deslandes, em Lisboa, e Sandra Pereira, no Porto, ambas finalistas do programa Ídolos, da Sic. Os bilhetes variam de 20€ a 45€ na cidade do Porto e 22,50€ e 75€ na capital. As portas abrirão às 20h sendo que o espectáculo terá início às 21h00.

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico+++