Tag Archives: academia de artes de hollywood magic

Luís de Matos – Merlin Award

19 Apr

A 14 de setembro de 2010 o ilusionista português, Luís de Matos, recebe, em Coimbra, o prémio Merlin Award. Atribuído pela Internacional Magicians Society (IMS) o prémio faz com que Luís seja, agora, o «mágico da década». O objetivo do prémio é «homenagear o mágico que mais se destacou, a nível mundial, no conjunto de trabalhos desenvolvidos no período de 2000 a 2010».

Nascido em Moçambique, vem para Portugal em 1975, quando tinha apenas 5 anos, e estreia-se no mundo da magia com onze anos de idade. Anos depois, ficou conhecido pelo povo português devido à forma ágil de dar cartas e de agarrar as exclamações incessantes do público, devido aos seus truques de magia em diversos programas de divulgação do ilusionismo na RTP, como Isto é Magia, Noite Mágica e Ilusões com Luís de Matos.

Porém, esta não é a primeira vez que Luís é agraciado por esta instituição e, sobretudo, por este prémio. Estávamos em 2008 quando o ilusionista recebeu a estatueta da IMS, na categoria de close-up, um espetáculo escrito, dirigido e protagonizado pelo próprio e que foi apresentado na Expo’98.

Colecionador de diversos galardões, a carreira de Luís de Matos tem-se revelado brilhante e com muitas surpresas. Em 1995, recebeu o Prémio de Mérito, atribuído pela Hollywood Academy of Magic Arts. O motivo foi a sua devoção às artes mágicas, observado aquando a apresentação dos seus dotes nos vários programas televisivos, que acolheram fãs desta arte em Portugal e um pouco por todo o mundo. Quatro anos mais tarde, é apelidado de Mágico do Ano, prémio outorgado pela mesma Academia e no ano seguinte, a Sociedade Francesa de Magos atribui-lhe o D’Mandrake.

Apesar de não se dedicar exclusivamente ao ilusionismo, Luís de Matos é considerado uma das personalidades mais importantes na área do entretenimento e todos os prémios que arrecadou pretendem realçar, não só o seu enorme talento e a sua capacidade inata de surpreender, mas também «revelar as qualidades humanas e de cidadão», como sublinhou Agostinho Almeida Santos, presidente do Rotary de Coimbra, clube que também homenageou o artista.

A um herói desconhecido

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico+++