Archive | Acontece RSS feed for this section

Concerto da semana: Aloe Blacc

28 Apr

Aloe Blacc estreia-se nos palcos portugueses na próxima quarta-feira, dia 4 de maio, na Aula Magna, com um concerto de apresentação do seu último álbum, Good Things.

I Need a Dollar, que já anda nos ouvidos do portugueses há alguns meses, foi o primeiro single deste álbum e o hit que catapultou o músico norte-americano para o sucesso. Mas Aloe Blacc já não é novo no mundo da música. Nasceu na Califórnia em 1979 e, juntamente com o rapper, dj e produtor Exile, formou o duo de hip-hop Emanon em 1995. Em 2003 iniciou a sua carreira a solo e em 2006 lançou Shine Through.

O primeiro álbum passou despercebido, mas é então que, quatro anos depois, Good Things chega às lojas e  Aloe conquista a Europa “a pedir um dólar”. Rapidamente chegou ao top 10 em cinco países europeus e o top 40 em três outros, conquistando o disco de platina na Suíça e o disco de ouro na Alemanha. Loving You is Killing Me é o seu novo single e já passa nas rádios nacionais, dando continuidade ao sucesso de I Need a Dollar, que colocou Aloe Blacc entres os grandes nomes do soul mundial da atualidade.

«My purpose for music is positive social change» («o meu propósito com a música é provocar uma mudança social positiva»), afirma Aloe, acrescentando que «Mesmo que a música em si não expresse explicitamente algo que signifique mudança social positiva, o seu resultado fá-lo-á». Talvez seja este o segredo do seu sucesso. Num mundo que se divide em crises políticas, económicas e ambientais, música que apele ao positivismo e à mudança resulta como uma lufada de ar fresco para o público.

Tudo isto e muito mais se espera deste concerto que terá casa cheia (os bilhetes esgotaram esta semana), com a primeira parte a cargo da rapper australiana Maya Jupiter.

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.+++

Advertisements

Filmes da Semana

23 Apr

Esta quinta-feira, 21 de Abril, foram sete os filmes que chegaram aos cinemas portugueses. O drama e o terror são os géneros mais concorridos, numa semana em que o Espalha-Factos destaca, como Estreia da Semana, o filme A Última Noite, de 2010.

Last Night – A Última Noite acompanha o casal JoannaMichael, residente em Nova Iorque. O seu relacionamento era estável até ao dia em que cada um deles é tentado a trair o companheiro, na mesma noite: enquanto Michael está numa viagem de negócios com Laura, uma colega de trabalho atraente e misteriosa, Joanna reencontra o outro grande amor da sua vida, Alex. Durante as 36 horas seguintes, JoannaMichael terão de decidir o seu futuro enquanto casal.

Massy Tadjedin salta, pela primeira vez, da escrita para a direção, sendo simultaneamente realizadora, escritora e produtora. O drama é protagonizado pelo ‘quadrado amoroso’ Keira Knightley, Sam Worthington, Eva Mendes eGuillaume Canet.

O terror e o thriller chegam até nós, esta semana, através de Gritos 4, de Wes Craven, e Medos, de Joe Dante. O primeiro é o quarto filme de uma saga que tem vindo a aterrorizar inúmeros espectadores. Quanto a Medos, trata-se de uma aventura misteriosa levada a cabo por dois irmãos, quando descobrem um buraco na cave da sua nova casa.

Dos Estados Unidos chega ainda Invasão Mundial: Batalha Los Angeles, com Aaron EckhartMichelle Rodriguez, um filme de ficção científica sobre a invasão da Terra por parte de forças estranhas. O Reino Unido, por seu lado, traz a Portugal a história de Jane Eyre, num drama protagonizado por Mia Wasikowska, Judi Dench, Michael FassbenderJamie Bell.

A finalizar as estreias desta semana encontram-se um filme português e outro francês. 48 é o documentário da portuguesa Susana de Sousa Dias que revela diversos testemunhos de pessoas interrogadas pela PIDE, sobrepostas por fotografias a preto e branco tiradas na altura. Tournée é uma comédia de Mathieu Amalric sobre Joachim, um ex-produtor televisivo parisiense que começa uma nova vida na América e regressa mais tarde a França, sendo enganado por um antigo amigo.

Aqui fica o trailer do filme da semana:

Concerto da Semana: Stomp

21 Apr

O grupo de dança britânico, Stomp, atua no Auditório dos Oceanos, no Coliseu de Lisboa, entre 26 de abril e 1 de maio. Também marcarão presença no Porto entre 25 e 29 de maio.

Oriundos do Reino Unido, o grupo impressiona o público pela sua performance teatral com recurso a objetos comuns como isqueiros, vassouras, baldes e cadeiras. A juntar a isto, a articulação com do movimento do corpo, aliada aos diversos sons, fazem com que o grupo seja já bem conhecido por parte dos portugueses.

O espírito dos Stomp expressa-se nas coisas simples da vida: a beleza liga-se à música e a música liga-se ao quotidiano. Assim, facilmente o espetador se encontra num ambiente familiar, acolhedor, divertido e ao mesmo tempo único.

Com quase 20 anos de existência, grupo britânico deu os primeiros passos no mundo do espetáculo a partir do teatro de rua, marcado pelo sapateado e compassado por ritmos inéditos. Destinado a todas as faixas etárias, divide-se em várias campanhas que lhes permite percorrer palcos mundiais e deixar um rasto de diversas salas esgotadas.

Este é, então, um espetáculo que marcará pela diferença e originalidade. Quanto aos bilhetes, já estão à venda nos locais habituais e os preços variam entre 25 e 35€.

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico+++

Filmes da Semana

16 Apr

Seis é o número mágico esta semana, correspondendo aos novos filmes que chegaram aos cinemas nacionais nesta quinta-feira, 14 de Abril. Entre a animação, o documentário e a ficção científica, o Espalha-Factos destaca, como Estreia da Semana, o thriller A Rapariga do Capuz Vermelho, uma versão moderna e diferente da história do Capuchinho Vermelho.

Passado na época medieval, Red Riding Hood, título original do filme, conta a história de Valerie, uma jovem rapariga que vive numa vila assombrada por um lobisomem. Valerie apaixona-se por um lenhador órfão, provocando o desgosto da sua família, que a prometera a outro homem. O filme retrata o conto da jovem que atravessa a floresta para ir visitar a sua avó doente, numa adaptação irreverente e contemporânea. Gary Oldman, Amanda Seyfried, Lukas Haas, Virginia Madsen, Billy BurkeMichael Shanks compõem o elenco principal deste thriller americano, realizado por Catherine Hardwicke.

A ficção científica chega até nós, esta quinta-feira, através de O Código Base, sobre um soldado que acorda no corpo de um desconhecido e tem de enfrentar as novas circunstâncias da sua vida. O filme é protagonizado pelos atores Jake Gyllenhaal, Michelle Monaghan e Vera Farmiga. Por seu lado, a animação continua o seu caminho da cativação de miúdos e graúdos com Rio, na versão original e dobrado em português, a três dimensões, sobre uma arara domesticada.

Do Reino Unido chega London Boulevard – Crime e Redenção, com Colin Farrell e Keira Knightley, sobre um homem que sai da prisão e tenta recomeçar a sua vida. Por fim, Portugal produz duas obras que funcionam como uma só: A Cidade dos Mortos, um documentário sobre a maior necrópole do mundo, no Cairo; e Waiting for Paradise, curta-metragem que antecede a visualização cinematográfica do documentário, ambos realizados por Sérgio Trefaut.

Aqui fica o trailer do filme da semana:

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.+++

Concerto da semana: Ana Moura

14 Apr

É já este fim de semana que Ana Moura apresentará o seu último trabalho, Leva-me aos Fados, de 2009. Os concertos estão marcados para dia 15 de abril no Coliseu do Porto e dia 16 no Coliseu dos Recreios em Lisboa.

Ana Moura estreou-se com o álbum Guarda-me a Vida na Mão, lançado em 2003, mas foi em 2007 que ficou mais conhecida no panorama português com o disco Para Além da Saudade. Devido a este trabalho, a artista conseguiu uma nomeação para os Globos de Ouro, na Categoria para Melhor Intérprete Individual e ainda alcançou a tripla platina.

Ao longo dos anos, a carreira da fadista foi ganhando contornos mais definidos. Em 2007 atuou com Mick Jagger, vocalista dos Rolling Stones, no concerto que a banda deu no Estádio José de Alvalade XXI, em Lisboa. Um ano depois, foi galardoada com o Prémio Amália para a categoria de Melhor Interpréte e em 2009 teve a honra de subir ao palco com Prince, que se confessou fã do seu trabalho, no Super Bock Super Rock.

Com uma bagagem artística mais pesada que a maior parte dos artistas portugueses, Ana Moura tem atuado um pouco por tudo o mundo, esgotando várias salas de espetáculos. No mês passado, foi nomeada para Best Artist Of The Year, um dos importantes prémios da prestigiada revista  de música Songlines.

Os bilhetes variam entre 18 e 40 euros e os espetáculos contarão com a presença da Frankfurt Radio Big Band e com os portugueses Pedro Abrunhosa e Carlos do Carmo.

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico+++

Filmes da Semana

9 Apr

Nesta primeira semana de Abril, há oito filmes que chegam aos cinemas portugueses. Numa semana em que se pode verificar um pouco de tudo, no que toca a géneros cinematográficos, destaca-se como Estreia da Semana, para o Espalha-Factos, a comédia de animação Hop, de Tim Hill.

Hop conta a história de C.P., filho do Coelho da Páscoa, que está prestes a assumir o negócio da família, ou seja, se ser o próximo Coelho da Páscoa. No entanto, C.P. tem outros planos e parte para Hollywood em busca do sonho de ser baterista. O coelho encontra Fred, um desempregado indolente que tem grandes sonhos, quando é acidentalmente atropelado pelo carro deste. Fingindo que ficou magoado, C.P. pede abrigo a Fred e torna-se o pior hóspede que este podia desejar.

James Marsden, Russell Brand, Hugh Laurie, Elizabeth Perkins, David Hasselhoff Kaley Cuoco são alguns dos nomes que compõem o elenco deste filme de animação de Tim Hill. Na versão portuguesa, as vozes são dobradas por Luís Franco Bastos, Paulo Pires, Pedro Ribeiro, Rita Guerra, Rui Porto Nunes, entre outros.

Engana-me que eu Gosto é outra das grandes estreias da semana. Realizado por Dennis Dugan, o filme fala de um mulherengo que inventa a história da sua vida perante uma nova conquista, contando com Adam Sandler e Jennifer Aniston nos papéis principais. Quanto a E a Noite a Cair, trata-se de um filme de terror sobre duas jovens que se perdem uma da outra. E o thriller está presente nestes novos filmes através de Road to Nowhere – Sem Destino, de Monte Hellman, sobre um cineasta que se apaixona por uma mulher envolvida num crime.

Da Dinamarca chega-nos Num Mundo Melhor, de Susanne Bier, um drama sobre as diferenças entre a vingança e o perdão; e do Brasil vem até nós Tropa de Elite 2 – O Inimigo Agora é Outro, drama de José Padilha, continuação do primeiro filme de ação. Portugal encontra-se também bem representado, com dois filmes: o drama Quinze Pontos na Alma, de Vicente Alves do Ó, com Dalila CarmoIvo Canelas; e a aventura A Espada e a Rosa, realizada por João Nicolau, um filme sobre pirataria, passado maioritariamente no mar.

Aqui fica o trailer do filme da semana:

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.+++

Concerto da semana: Gotan Project

7 Apr

Já não são novos em Portugal, mas os portugueses nunca se cansam deles. São das bandas mais aclamadas pelo público nacional e passam por cá quase todos os anos. Esta sexta-feira, dia 8 de abril, os Gotan Project voltam para um concerto numa das salas de espetáculos mais importantes do país, o Coliseu dos Recreios.

Phillipe Cohen Solal, Eduardo Makaroff e Christoph H. Müller formaram a banda em 1999 em Paris. Um francês, um argentino e um suíço, respetivamente, deram origem a um novo estilo musical, o tango eletrónico, que combina sons do tango tradicional com samples, beats e outros elementos eletrónicos. O nome é inspirado em Tango Project, um álbum de compilações de 1991, e resulta da inversão das sílabas da palavra “tango”, ou seja, escrita al revés, segundo a gíria argentina conhecida como lunfardo.

Em 2000 lançaram Vuelvo a Sur/El Capitalismo Foráneo, mas passou um pouco despercebido. No ano seguinte lançaram o primeiro álbum, La Revencha del Tango, que transportou a banda para a ribalta e que conta com alguns dos maiores sucessos até hoje. “Santa Maria (del Buen Ayre)” ouve-se frequentemente em séries, filmes e concursos de dança televisivos, mas foi provavelmente com Jennifer Lopez e Richard Gere no filme Shall We Dance? (Vamos Dançar) que mais se popularizou. “Last Tango em Paris” é o título de um original de Gato Barbieri que foi tema principal do filme Last Tango in Paris (O Último Tango em Paris) de 1972. O sucesso do clássico transportou-se para a versão mais moderna dos Gotan Project“Época” é mundialmente conhecida também por ter aparecido em várias séries de televisão e por ter sido utilizada num anúncio da marca de detergentes Calgonit. A par destas, “Vuelvo a Sur” e “El Capitalismo Foráneo” conquistaram a fama antes não alcançada e “Una Música Brutal” veio reforçar a qualidade deste álbum que, segundo a generalidade do público mundial, é o melhor da banda até hoje.

Seguiu-se Inspiración Espiración em 2004, mas foi Lunático que, em 2006, veio dar continuidade aos grandes êxitos dos rapazes, com “Diferente” e “Mi Confesión”.

Por várias vezes foi anunciado o fim da banda ou das digressões mundiais, mas certo é que eles continuam em grande força e vêm agora, já pela segunda vez no nosso país, dar a conhecer o mais recente álbum, Tango 3.0, lançado em abril de 2010. “La Gloria”, o primeiro single daí retirado, junta música e futebol numa canção que acentua ainda mais o estilo próprio dos Gotan Project e que provavelmente soará familiar ao público pelos samples utilizados. “Rayuela” é o segundo single do disco e continua a fazer as delícias dos fãs, provando que os três senhores ainda têm muito para dar. Mas Rayuela é também o título de um romance do argentino Júlio Cortázar, que participa na canção ao ler alguns excertos do livro.

Para este concerto, espera-se a presença habitual de Cristina Vilallonga, que dá a voz a grande parte das canções da banda, entre outros convidados que Solal, Makaroff e Müller sempre trazem a acompanhá-los. Espera-se também as habituais projeções de imagens em ecrã gigante que, juntamente com o ambiente clássico-moderno que as roupas e o tango eletrónico proporcionam, nos transportam para as ruas de Buenos Aires.

O concerto começa às 22h no Coliseu da capital e os bilhetes variam entre os 28 e os 32 euros.

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico+++