Le Carré rejeita prémio

30 Mar

David John Moore Cornwell. É este o verdadeiro nome de John le Carré, autor de romances de espionagem que rejeitou o prémio Man Booker Internacional, anunciado hoje, em Sidney. O objetivo do prémio é distinguir autores vivos pelas suas obras, prémio que o autor rejeitou.

«Fico tremendamente lisonjeado por ser escolhido para finalista do prémio Man Booker Internacional», afirma John le Carré. Mas o autor de vários sucessos como O Espião que Saiu do Frio, de 1963, recusa-se a competir por prémios literários. Assim, pediu ao júri do prémio para retirar o seu nome da lista dos 13 finalistas nomeados.

O pedido de autor foi, contudo, recusado pelo presidente do júri do evento, Rick Gekoski que se confessa desapontado por um dos maiores autores britânicos desde 1945 rejeitar a participação num evento desta natureza. Porém, em declarações ao jornal britânico The Guardian, Gekoski afirmou que le Carré continuará a ter o seu nome na lista, «porque somos grandes admiradores do seu trabalho».

O prémio Man Booker International é entregue de dois em dois anos e vale 68 mil euros. O vencedor será conhecido a 18 de maio, apesar da cerimónia acontecer a 28 de junho, em Londres. Para além de John le Carré, constam também na lista Su Tong, Wang Anyi e David Malouf.

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico+++

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: