Pare, escute, olhe

30 Jan
por Pedro Miguel Coelho |

O caso mais emblemático do fim dos caminhos-de-ferro em Portugal é Linha do Tua, com um fecho compulsivo iniciado em 1991, no troço Carvalhais-Bragança e que depois se estendeu aos troços Mirandela – Macedo de Cavaleiros e Mirandela – Bragança. Na história ficam as imagens de revolta das populações perante a ação da CP, que de forma quase clandestina e durante a noite, retirou todo o material circulante estacionado nas estações da região, protegida por um forte dispositivo policial que quis evitar não só a aproximação das populações, que acorreram aos locais onde decorria a operação, mas também a captação de imagens. Estes acontecimentos são hoje recordados como A Noite do Roubo.

Dos quase 134 quilómetros que originalmente constituíam a Linha do Tua, sobram hoje em funcionamento apenas 16, entre Cachão e Carvalhais. Parte desta via foi ainda aproveitada para o Metro de Mirandela, que liga esta cidade à estação do Tua.

As populações reivindicam o regresso ao funcionamento desta linha. Daniel Conde, do Movimento Cívico da Linha do Tua, em declarações ao Jornal Público do dia 18 de janeiro, considera que “há muita coisa a fazer a partir da linha do Tua para o desenvolvimento da região, mas muito pouco se tem feito”. Em defesa deste movimento, que pede a reativação da linha até Bragança, afirma as potencialidades do troço pelo “seu valor paisagístico, arquitetónico e social”, sublinhando que o que importa é “trazer de novo o desenvolvimento ao distrito de Bragança”. Recentemente o premiado realizador Jorge Pelicano, com o documentário ‘Pare, Escute, Olhe’ voltou a chamar a atenção sobre o caso, que legislatura após legislatura, tem merecido pouco mais que a indiferença por parte dos sucessivos governos.

O cenário do regresso é cada vez mais distante, com parte da linha a ser ameaçada pelo projeto da Barragem do Tua, que quando em funcionamento submergirá as linhas férreas, quer em quota mínima quer em quota máxima.

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.+++

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: