A boa filha a casa torna

29 Jan
por Óscar Morgado |

Ticha Penicheiro vai jogar no campeonato português de basquetebol pelos próximos 4 meses. A melhor basquetebolista nacional de todos os tempos assinou no final de 2010 pelo Sport Algés e Dafundo.

O seu ritmo profissional, ao dividir-se por duas equipas durante um ano, não lhe tem permitido acompanhar de perto a realidade portuguesa. “Já existe toda uma nova geração de quem nem sequer sei os nomes. Compreendo que talvez olhem para mim como uma estrela, embora não me sinta como tal”, afirmou a atleta em entrevista à Visão. Penicheiro já deu bastantes vitórias desde que chegou ao MCell-Algés, sendo uma estrela de qualidade pouco comum entre as atletas a jogar no país.

Devido ao facto de a WNBA, o lado feminino da melhor liga de basquetebol do mundo, apenas se realizar no verão, muitas atletas jogam noutras competições durante o resto do ano. Ticha não é exceção. Natural da Figueira da Foz, já jogou em França, Polónia, Lituânia, Itália e Rússia. Na WNBA, joga atualmente nas Los Angeles Sparks, emparelhando com a sensacional Candace Parker. Ambas pisam o mesmo solo que Kobe Bryant, estrela da equipa masculina dos Lakers e um dos melhores de sempre.

Contudo, Ticha já é uma atleta veterana. Aos 36 anos, dos quais os 12 últimos foram passados na WNBA, soma um invejável palmarés. Na Universidade de Old Dominion, onde de 1994 a 1997 jogou e estudou Comunicação Social e alinhou com a portuguesa Mery Andrade. Ambas ajudaram a cimentar a “Portuguese Connection”, alcunha pela qual era conhecida a equipa norte-americana nos anos 90. O número 21 de Ticha foi até retirado da equipa, em homenagem à portuguesa.

Campeã pelas Sacramento Monarchs em 2005, Penicheiro foi ainda eleita para o 5 ideal da WNBA em 1999 e 2000, bem como para o segundo 5 ideal em 2001. Fez parte da equipa All-Star em 4 ocasiões. Na Europa, foi campeã polaca em 2000 e 2001, ganhou a Taça de Itália em 2002 e a Eurocup em 2006, já ao serviço do Spartak de Moscovo.

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.+++

Advertisements

2 Responses to “A boa filha a casa torna”

  1. Marina Alves January 30, 2011 at 10:45 pm #

    Por vezes, desconhecemos a qualidade de alguns portugueses nas suas carreiras profissionais. Seria bom que o nosso país soubesse aproveitar melhor estes talentos que se espalharam pelo mundo!

  2. Angela January 30, 2011 at 11:22 pm #

    Deveria ser divulgado mais vezes todas estas situações de atletas portuguesas que por vezes fazem tanto esforço pessoal para poderem acompanhar sem
    ” Ajudas” e no fim nem se fala deles. Acho que se deveria dar mais importancia a outros desportos sem ser o futebol.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: