Os candidatos derrotados

24 Jan

Manuel Alegre

“Em política o que é preciso é coragem para travar os combates.”

“Quem perdeu este combate fui eu e não o Partido Socialista.”

“Isto não tinha graça nenhuma se estivéssemos todos de acordo.”

“O meu combate político será o mesmo de sempre.”

“Em democracia não é vergonha perder, vergonha é fugir ao combate. As minhas preocupações continuam e vou continuar a lutar pelos meus valores, pela esquerda, pela República e por Portugal.”

Fernando Nobre

“Acabo de telefonar ao Professor  Cavaco Silva para lhe dar os meus parabéns desejando-lhe que tenha um segundo mandato que seja próspero para o país.”

“Se houve um ganhador nestas eleições foi a candidatura da cidadania.”

“Saio destas eleições como sempre o afirmei, de cabeça erguida, com a mesma dignidade com que entrei.”

“Esta foi a candidatura que não teve nenhum apoio partidário e que teve que vencer.”

“Não tenho a mínima dúvida em afirmar aqui e agora que prestámos um grande serviço a Portugal, aos portugueses e à nação. A cidadania demonstrou que tem futuro em Portugal.”

“Esta candidatura nao merecia ser tratada desta forma pela comunicação soacial e empresas de sondagens.”

Defensor Moura

“Saio naturalmente, tal como todos os que se oponham a Cavaco Silva, derrotado.”

“Não felicito quem ganhou.”

“Quebrei o verniz do ex-imaculado candidato Cavaco Silva.”

“Não posso deixar de destacar a votação de José Manuel Coelho que explorou a veia satírica da campanha, e criticou o que é de facto bastante ridículo na nossa sociedade”

Francisco Lopes

“Esta foi a candidatura dos trabalhadores.”

“Saúdo todos aqueles que votaram na minha candidatura a PR  e assim a fizeram sua, dando com o seu voto um sinal claro de exigência. Cada um dos votos dado a esta candidatura pesa e pesará na ação para abrir um novo caminho para Portugal.”

José Manuel Coelho

“Fui banido dos debates e a minha mensagem não chegou aos madeirenses.”

“Agradeço muito a minha votação no continente, especialmente porque fui marginalizado nos debates políticos.”

“É o sinal de que as pessoas estão fartas do capitalismo selvagem.”

“Gostava de discutir com o prof. Cavaco a situação na Madeira, onde existe um défice democrático.”

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: